Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

𝑨𝒔 𝑨𝒗𝒆𝒏𝒕𝒖𝒓𝒂𝒔 𝑫'𝑬𝒍𝒍𝒂

by Daniela França

𝑨𝒔 𝑨𝒗𝒆𝒏𝒕𝒖𝒓𝒂𝒔 𝑫'𝑬𝒍𝒍𝒂

by Daniela França

Vila de Monsaraz | O que visitar?

24.11.21 | Daniela França

Se me acompanhas pelo instagram deves saber que, recentemente, fiz uma mini roadtrip pelo Alentejo com a minha família. 

De todos lugares que visitei durante a viagem, Monsaraz, sem dúvida que, roubou o meu coração. Nunca tinha visitado anteriormente, mas a sua beleza deixou-me, completamente, fascinada e com vontade de regressar a este paraíso intemporal.

9.png

Esta pequena vila, apesar de simples, possui um encanto inexplicável. Acredito que quem já tenha visitado Monsaraz sabe, perfeitamente, do que estou a falar. 

Este é um lugar, onde entramos, e paramos no tempo. Nele primam as ruas claras com casas caiadas de cal e xisto, calçada em pedra, muralhas, tendo o Alqueva, a servir como pano de fundo, aperfeiçoando, ainda mais, esta linda paisagem alentejana.

Quando visitámos Monsaraz tivemos sorte com o tempo, pois não apanhámos chuva, apenas um pouco de nevoeiro, no período da manhã. Antes de mais, se estás a pensar planear uma visita por esta vila alentejana, toma nota que as melhores alturas para o fazeres são na Primavera e no Outono, uma vez que no Verão as temperaturas são elevadíssimas

No que diz respeito ao deslocamento, a melhor maneira de chegares à vila de Monsaraz é de carro. A verdade é que o facto de se ter viatura própria, permite que se consiga explorar tudo de uma forma mais completa e ao próprio ritmo, sem depender de terceiros. No entanto, é possível, ainda, chegar ao centro da vila através de autocarro ou táxi. 

O QUE VISITAR EM MONSARAZ

A vila de Monsaraz possui quatro portas: a Porta da Vila, a Porta d’Évora, a Porta d’Alcoba e a Porta do Buraco, sendo a Porta da Vila a entrada principal. 

A Rua Direita é a rua principal de toda a vila, que liga o posto de turismo ao castelo. Ao longo dessa rua, vais poder encontrar alguns restaurantes e lojinhas de artesanato, incluindo uma wine shop, onde podes fazer provas de vinho. Mais adiante, do lado esquerdo, encontra-se a Igreja Matriz da Nossa Senhora da Lagoa e o Pelourinho.

Neste roteiro, sem dúvida, que a atração principal é o castelo. É o ponto mais alto da vila, cercado por uma muralha com 110 metros de largura e 315 metros de comprimento, datado do século XIV. Numa vista panorâmica pode-se observar os campos e o Alqueva, um dos maiores lagos artificial da Europa, construído sobre o Rio Guadiana. 

Monsaraz proporciona uma simplicidade e paz de espírito incrível. Isso é possível ver-se ao percorrer as suas ruas e ruelas.  A visita é feita em menos de uma hora, mas há que admitir que demoramos mais do que isso pois, a cada passo que damos, há um detalhe que é mais bonito do que o outro. Eu tenho que admitir que perdi a conta às fotografias que tirei durante o passeio (risos).

A vila em si não é muito grande. Por isso, podes aproveitar para explorar os arredores e ficar a conhecer outras localidades alentejanas. No nosso caso, aproveitámos um fim de semana (dois dias) para visitar, além de Monsaraz, Évora, Estremoz e Vila Viçosa. Nos próximos posts do blog, trago-vos, novamente, ao Alentejo para vos dar a conhecê-las. 

Beijinhos, 

Ella